quinta-feira, 24 de maio de 2012


5ª Feira = Artigo na página da Justimpress!
Aqui fica o segundo artigo que escrevi para a agência, de forma a todos poderem ter acesso ao mesmo (incluindo quem não tem conta de facebook). Espero que gostem : ) 

Olá a todos!

O prometido é devido. Por isso, cá estou eu, nesta 5ª Feira, a marcar presença na página da JUSTIMPRESS com mais um artigo.

Hoje, em seguimento do que escrevi na 5ª Feira passada, achei importante falar-vos mais um pouco sobre a moda em Portugal. Como sabem, no Domingo passado, assistiu-se a mais uma gala de Os Globos de Ouro. Por isso, desta vez, quero falar-vos especificamente deste evento anual que premeia os talentos portugueses. A cada edição, premeiam-se os talentos do ano anterior, de entre os quais se encontram o prémio para melhor modelo masculino e feminino e o prémio para melhor designer de moda.

Os Globos de Ouro, transmitidos na televisão pela SIC e publicados em revista pela Caras, viram a sua primeira edição nascer no ano de 1996. Por esta altura, a categoria de “Moda” incluía apenas um prémio, o prémio da “Personalidade do ano”. Em 1996, quem o venceu foi Nuno Gama. Durante muitos anos, nesta categoria, distinguia-se apenas uma personalidade. Tal facto mudou em 2007. Nesse ano, passaram a distinguir-se personalidades, designers de moda e modelos femininos e masculinos, tal como hoje em dia ainda acontece.

Este ano de 2012 recebeu a 17ª gala de Os Globos de Ouro no Coliseu dos Recreios, em Lisboa. Foi uma noite amena e agradável que convidava ao glamour e à sedução. Apesar disso, a passadeira encarnada recheou-se de coordenados que pingavam azeite, havendo alguns pelo meio que ainda safavam a coisa. Contudo, não vos quero falar de vestidos, de cabelos ou de maquilhagens. O que vos escrevo hoje passa ao lado disso. Quero, sim, distinguir os grandes vencedores dessa noite na categoria de “Moda”.

Os nomeados eram, todos eles, merecedores de levar o prémio para casa. Contudo, quem venceu foi Miguel Vieira (“Melhor designer de moda”), Sara Sampaio (“Melhor modelo feminino”) e Gonçalo Teixeira (“Melhor modelo masculino”). Confesso que foram os meus favoritos que ganharam. Todos eles desenvolveram trabalhos fenomenais em 2011 no que diz respeito à moda e, por isso, foram merecidos vencedores.

Miguel Vieira, nomeado com Os Burgueses, Filipe Oliveira Baptista e Luís Buchinho, destacou-se no ano passado, e sempre, devido ao facto de ser um designer genuinamente português. As suas colecções são todas fabricadas em Portugal e isso é de um valor enorme e de se louvar. Em 2011, apresentou colecções cheias de história e de carisma. Provavelmente, a mais irreverente, pela sua originalidade, foi a colecção apresentada no Portugal Fashion, a MV Júnior, uma colecção para os mais pequenos. Também a colecção de Verão 2012, inspirada em Capri, e a colecção de Inverno do mesmo ano, com o tema “O perfeito anfitrião”, revelaram-se colecções originais e com cores lindas. O resultado na passerelle foi fenomenal e, por isso, Miguel Vieira merece muito esta distinção.

Já Sara Sampaio, a hit girl do momento, no que diz respeito aos modelos femininos portugueses, distinguiu-se em 2011 pelas suas participações em editoriais, com especial atenção para o editorial de Dezembro da Vogue Índia. Distinguiu-se também por ter sido a capa de várias revistas de moda, entre elas a ELLE Portugal, Vogue Portugal e Marie Claire France, e, ainda, por ter sido o rosto de campanhas publicitárias de diversas marcas, como foi o caso da Lanidor, Blumarine, Replay, Armani Exchange e AXE Excite. A nível de desfiles, Sara conta com a participação na ModaLisboa, no Portugal Fashion e na Semana da Moda de Nova Iorque. Estes são apenas alguns exemplos de trabalhos que a modelo fez desde que foi descoberta. Por estes, e por outros motivos, não faria sentido atribuir o prémio a outra pessoa. Se bem que as outras nomeadas, Matilde, Milena e Jani, também seriam merecedoras da distinção. Contudo, foi Sara que levou, mais uma vez, o Globo para casa.

Por fim, Gonçalo Teixeira, nunca antes nomeado, concorreu ao lado de grandes nomes como Luís Borges, os gémeos Jonathan e Kevin e Bruno Rosendo, todos eles anteriormente nomeados e vencedores de Globos em anos passados. Apesar disso, foi Gonçalo quem venceu e eu fiquei muito feliz com isso. Primeiro, porque é sempre bom ver uma cara nova a ser distinguida e, segundo, porque o Gonçalo era a minha aposta e o meu favorito. Em 2011, desenvolveu trabalhos com John Richmond, Braun Cruzer e Cesare Paciotti, tendo sido ainda a imagem da campanha do perfume Amor Perfeito, de José António Tenente. Actualmente, está a representar a GUESS numa campanha a nível internacional.

Claro que todos os outros nomeados também merecem a nossa atenção e distinção. Só o facto de se ser nomeado é já um privilégio e uma honra, pois quer dizer que o trabalho de determinado designer ou modelo foi reconhecido. Decidi falar-vos apenas dos vencedores pois são eles as caras do ano de 2011 no mundo da moda em Portugal e foram eles que mais marcaram as passerelles, revistas, editoriais, campanhas e outros. E foram também eles que ditaram tendências e que marcaram o ano com as suas pegadas. Por isso, muitos parabéns aos três pelo bom trabalho! Quiçá, um dia, recebo eu um Globo de Ouro na categoria de “Melhor jornalista de Moda”.

Espero que tenham gostado deste artigo.

Até 5ª Feira!

Marta F. Cardoso

Não se esqueçam de seguir a página de fãs do Trend me too.
Actualizo-a diariamente com muitas novidades!

Hugs and smooches,
Mar

blogger templatesblogger widgets

5 Comentários:

  1. Gonçalo Teixeira , hummm :)

    xoxo

    ResponderEliminar
  2. Hy beautiful! your blog is so sweet! I was wondering, would you like to follow each other? :X

    FashionSpot.ro

    ResponderEliminar
  3. Não conhecia o blog e vou seguir...


    Se quiseres conhecer o meu:

    http://dressedcrisis.blogspot.pt/

    ResponderEliminar